CASECRICDAMARES

O Centro Socioeducativo de Criciúma recebeu a visita da Ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, neste domingo (29). O Diretor do Dease, Zeno Tressoldi, e gestor da unidade, Douglas José Souza, apresentaram à ministra as instalações e as oficinas de trabalho, em funcionamento no Case, que privilegiam a formação de mão de obra voltada à vocação econômica da região.

Para o Diretor do Dease foi um momento bastante significativo receber a ministra na unidade do Sul Catarinense. “Nós ficamos muito honrados com a visita e as palavras da ministra nos dão estímulo para continuarmos, cada vez mais, construindo um sistema socioeducativo que seja referência para o país”, disse Zeno Tressoldi.

Em funcionamento desde junho de 2018, o Case de Criciúma trabalha na perspectiva da busca da ressocialização dos adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa. Além da escolarização, os adolescentes participam de oficinas como, por exemplo,  cultivo de pitaya e de maracujá, arteterapia; marcenaria; horta, jardinagem e compostagem, oficina de leitura, de panificação, produção de amaciante, reciclagem, produção de sabonetes artesanais aromáticos, informática e apicultura.

“Essas ações de qualificação profissional buscam despertar o adolescente para a importância do trabalho, a atenção aos limites para o convívio social e fortalecimento dos laços familiares”, observou o gestor da unidade, Douglas José Souza.