Reuniaocomissaomulheres

Aconteceu nesta segunda-feira (10), na SAP, a primeira reunião das mulheres da Comissão de Estudos Relacionados às Servidoras do Sistema Prisional e Socioeducativo. O grupo foi organizado para entender e estudar uma forma de suprir as demandas das mulheres expressas em uma carta escrita no I Encontro de Agentes Penitenciárias e Socioeducativas de SC.

Na primeira reunião da Comissão, um dos principais tópicos foi a saúde das servidoras, além da discussão do papel das mulheres na secretaria.

“Acredito que a Comissão possa ajudar na criação de ferramentas que ajudem a valorizar o trabalho da mulher agente penitenciária e socioeducativa”, conta a coordenadora de projetos especiais da SAP, Juliana Campos.

operacaodeasecasejlle2

O Dease (Departamento de Administração Socioeducativa) realizou, durante a segunda-feira (3) e a sexta (7), uma operação de intervenção no Casep (Centro de Atendimento Socioeducativo Provisório) de Joinville. Uma equipe de seis agentes especiais foi enviada até a unidade para acionar as novas medidas de disciplina e melhorar o ambiente e a convivência dos socioeducandos do Case Joinville.

“Nosso objetivo foi acompanhar e auxiliar na execução das mudanças propostas pelo diretor, visando melhorar fluxos administrativos e a segurança e gestão da unidade” conta Paulo Adamis, um dos agentes da equipe de intervenção.

Para a realização das novas mudanças, a equipe auxiliou na revista geral da unidade e no estabelecimento das novas rotinas de revista e de deslocamentos de internos. Os agentes também auxiliaram na troca de alojamentos dos socioeducandos, uma das medidas que tem como objetivo a segurança e praticidade na unidade.

“Procedimentos como esse são importantes para que se mantenha sempre um ambiente adequado e com segurança para a reeducação dos adolescentes e para os servidores do sistema socioeducativo”, afirma o diretor do Dease, Zeno Tressoldi.OPERACAOCASEPJLLE

A5p

O Presídio Regional de Tijucas passou a utilizar nesta terça-feira (4) uma nova sala de recebimento e identificação de presos, que será exclusiva para a movimentação dos internos. Além da sala, o presídio acaba de receber outra melhoria no sistema de segurança: a chegada de um escâner corporal.

“Essas melhorias não apenas tornam a unidade mais segura, mas também trazem mais agilidade ao trabalho dos agentes” conta o chefe de segurança do Presídio Regional de Tijucas, Alissandro Monteiro.

A sala e o escâner corporal não são as únicas melhorias feitas na unidade. Em janeiro, o Presídio inaugurou uma sala nova para atendimentos de saúde. O local onde antes eram realizadas as consultas médicas agora passa a atender exclusivamente procedimentos odontológicos.

FOTOABERTURAPOSSETJ

Tomou posse na tarde desta sexta feira (31), em Florianópolis, o novo presidente do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC), Desembargador Ricardo Roesler. Na cerimônia também foram empossados os novos membros do corpo diretivo: desembargador João Henrique Blasi (1º vice-presidente), desembargadora Soraya Nunes Lins (corregedora-geral da Justiça), desembargador Volnei Celso Tomazini (2º vice-presidente), desembargador Salim Schead dos Santos (3º vice-presidente) e desembargador Dinart Francisco Machado (corregedor-geral extrajudicial). 

O secretário da Administração Prisional e Socioeducativa, Leandro Lima acompanhou a cerimônia. “O Tribunal de Justiça tem sido um grande parceiro dos sistemas prisional e socioeducativo. Agradecemos o apoio e empenho do Desembargador Rodrigo Collaço ao longo destes últimos dois anos. Temos certeza que o Desembargador Ricardo Roesler será bem-sucedido em sua gestão, pois lhe sobram talento, experiência e comprometimento com a sociedade catarinense”, disse Leandro Lima.  

Roesler sucede o Desembargador Rodrigo Collaço, que esteve na presidência do TJSC no período de 2018 a 2020. Antes de empossar o novo presidente, o Desembargador endereçou elogios aos magistrados que tomaram posse. “Tenho certeza que farão uma excelente gestão”.

Em seu discurso de posse, o Desembargador Ricardo Roesler destacou que sua gestão pretende ser coletiva e democrática. “Três eixos essenciais movem a nossa administração: a informação, a integração e a inovação. Nessas premissas estabelecemos a missão de uma gestão partilhada e democrática, que busca eficiência ideal”. Além disso, mencionou as inovações tecnológicas e sociais como peça chave para as mudanças no Poder Judiciário. "Acredito num judiciário exponencial, independente, democrático e protagonista da transformação social que estamos vivendo no mundo. A nossa vocação é servir a sociedade e, tão legítimas quanto as suas demandas, é a certeza de que o Poder Judiciário de Santa Catarina permanecerá fiel aos seus valores e tradições ao mesmo tempo em que se prepara para inaugurar uma nova era, alinhada com a modernidade."

O novo presidente

A nova gestão para o próximo biênio (2020-2022) é presidida pelo desembargador Ricardo Roesler. Natural de São Bento do Sul, começou a carreira como juiz substituto em 25 de maio de 1987. Atuou nas comarcas de Joinville, Barra Velha, Sombrio, Jaraguá do Sul e novamente Joinville, onde permaneceu por 14 anos, de 1993 a 2007. Em novembro de 2007, foi removido ao cargo de juiz de direito de 2º grau. Assumiu como desembargador em junho de 2012. Foi eleito presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina (TRE-SC) em dezembro de 2017 e assumiu o cargo em março de 2018. Comandou a última eleição presidencial. Por último, integrava a 3ª Câmara de Direito Público do TJSC.

leandrolimaericardoroesler