LOGO LUTO DEAP SITE

Não se pode medir a dor de uma perda. Não há como mensurar a falta de quem nos é importante. Quando um ente querido se vai, um alicerce nos falta.

Compreendendo essa dor, manifestamos nossos sinceros pesares à família e aos amigos do agente penitenciário José Carlos Goulart, que deixará também uma enorme lacuna na família do sistema penitenciário catarinense.

Encerrou sua carreira como Gerente de Execuções Penais do Deap, no mesmo brilhantismo com que executou suas funções durante toda a sua trajetória na nossa jovem Polícia Penal, da qual também foi entusiasta.

Todas as homenagens são justas e merecidas para alguém que contribuiu tanto com a história do nosso sistema prisional.

Descanse em serena paz, caro amigo.

Leandro Lima
Secretário da SAP/SC

Edemir Alexandre Camargo Neto
Secretário Adjunto da SAP/SC

BOLETIM COVID 04 07 2020

PEN INDUSTRIAL DE BLUMENAU

A SAP promoveu na quinta-feira (25) o Dia D, uma grande ação de sanitização e de higienização para fortalecer a muralha sanitária criada em torno das unidades prisionais e socioeducativas de Santa Catarina. Ao todo foram 76 unidades sendo 51 ligadas ao Deap e outras 25 ao Dease.

De acordo com o Secretário de Administração Prisional e Socioeducativa, Leandro Lima, o Dia D foi uma ação para reforçar a importância da higienização a fim de evitar a propagação do Coronavírus. “As unidades estão realizando um trabalho excepcional, mas estamos fazendo esse reforço porque, neste momento, as ações individuais são fundamentais para a coletividade”, disse Leandro Lima.

Para que todas as unidades tivessem um padrão de sanitização, a SAP criou um Manual de Desinfecção, elaborado a partir das orientações da Vigilância Sanitária e das necessidades e características do ambiente prisional e socioeducativo. “Os produtos precisam estar na dosagem certa que tenham eficácia”, observou Lima.

Além da normatização da limpeza das áreas internas e de circulação, as equipes das unidades também estão aprimorando a higienização de equipamentos de uso compartilhado como algemas, viaturas, material bélico, entre outros.

O conceito de muralha sanitária compreende também todas as medidas restritivas implantadas durante a pandemia nas unidades prisionais e socioeducativas. A suspensão das visitas, das aulas, do trabalho, do recebimento de cartas está sendo fundamental para minimizar os riscos de contágio. Para que os internos possam manter os laços familiares foi implantada a visita virtual e as cartas foram substituídas por e-mails. Os atendimentos dos advogados estão sendo feito por meio de parlatório e as audiências também são meio virtual, assegurando assim os direitos dos internos.

SEDE DEASE diad

UPA CAMPOS NOVOS diadPresídio Feminino da Capital diad

LOGO CORONA

A Secretaria de Administração Prisional e Socioeducativa (SAP) informa que foi confirmado o segundo caso de Covid-19 em profissionais de saúde que atuam no âmbito do sistema prisional. Desta vez o teste identificou a presença do vírus em um técnico de enfermagem que trabalha na Penitenciária de Itajaí.


O referido profissional apresentou sintomas na quarta-feira (22) e foi afastado da unidade. O diagnóstico foi confirmado no final da tarde de sexta-feira. Todas as pessoas que tiveram contato com o profissional estão sendo monitoradas, conforme protocolo.

Histórico


O primeiro caso de Covid-19 foi em um dentista que atua no Complexo Penitenciário da Agronômica. ele se recuperou e já voltou ao trabalho. Um preso da UPA de Imbituba também testou positivo para Covid-19. Ele ingressou na unidade no dia 10/04 e, de acordo com as normas de segurança, foi para o isolamento.