SITE

A Secretaria de Estado de Administração Prisional e Socioeducativa (SAP) comunica que na próxima segunda-feira (25) serão convocados 127 (cento e vinte e sete) candidatos classificados no Concurso Público Edital 001/2016, homologados pela portaria 1206, de 23 de setembro de 2021. Dos 127 classificados há 111 (cento e onze) candidatos masculinos e 16 (dezesseis) candidatas femininas para o cargo de Agente de Segurança Socioeducativo. Neste momento os 127 classificados farão a escolha do futuro local de trabalho, dentre aqueles relacionados no quadro de vagas, publicado no site da Secretaria. Posteriormente, essa relação será enviada para a Secretaria de Estado da Administração (SEA) para então ser encaminhada a nomeação.


A convocação será via e-mail, indicado no ato de atualização cadastral no site da ACAFE, tendo o candidato o prazo de 3 (três) dias úteis para manifestação. O candidato também pode acompanhar pelo site www.sap.sc.gov.br, no link Concurso Público.

A SAP salienta a importância da escolha de vagas para que, posteriormente, possa dar continuidade na nomeação dos candidatos.

juju

O Secretário Leandro Lima entregou nesta quinta-feira (21) convite especial para que duas servidoras da SAP, que já são Mestres, participem da seleção do Doutorado oferecido pelo Programa SAPCiência. A ação simbólica visa a divulgação do Programa que tem por objetivo a qualificação dos servidores por meio da formação acadêmica em nível de Especialização, Mestrado e Doutorado.

Há 13 anos no serviço público, Enfermeira Juliana Campos, recebeu o convite do Secretário Leandro para participar do processo seletivo ao Doutorado em Ciências da Saúde, desenvolvido em parceria com a Unisul. “É um desafio pessoal e uma oportunidade que a SAP está dando aos seus servidores. Ações deste porte valorizam o retorno do conhecimento para o estado, condição fundamental para construirmos uma sociedade mais equânime e mais igualitária”, assinalou.

A Policial Penal Leila Ferreira Farias, que está há 19 anos na profissão e atua na Penitenciária da Capital, agradeceu o convite e disse que vai compartilhar com os demais colegas. “É por meio da capacitação do Policial Penal que transformaremos o sistema prisional catarinense”, observou.

Entusiasta da formação acadêmica, a Policial Penal Marcia Anita Donzelli que está há 14 anos no sistema prisional e Mestre em Educação, se disse lisonjeada pelo convite. “Com certeza vamos repassar aos colegas para estimular a qualificação dos servidores”, finalizou.
Concebido pela Academia de Administração Prisional e Socioeducativa (Acaps), o programa SAPCiência foi viabilizado por meio de parcerias com a Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul) e ainda cursos de formação continuada em parceria com a Fundação Escola de Governo (ENA)."O secretário adjunto Edemir Alexandre Camargo Neto nos propôs um desafio: fazer um projeto para oferecer curso de pós-graduação aos servidores da SAP", destacou o diretor da Acaps, Paulo de Oliveira.

Das 650 vagas, 435 estão distribuídas em seis cursos de Especialização Lato Sensu, 25 vagas Stricto Sensu em Programas de Mestrado e 10 vagas em programas de Doutorado, além de 180 vagas em cursos de formação continuada. A participação nos cursos será mediante processo seletivo e as inscrições e informações poderão ser obtidas neste link. https://sapciencia.acapsvirtual.com/

SAP recebe pleito da OABSC 11


O Secretário de Administração Prisional e Socioeducativa (SAP), Leandro Lima, e o Secretário Adjunto, Edemir Alexandre Camargo Neto, receberam nesta quinta-feira (22), na sede da SAP, o Presidente da OAB-SC, Rafael Horn e o Presidente da Comissão de Assuntos Prisionais da OAB/SC, Marlo Almeida Salvador. No encontro, que também contou com a presença do Consultor Executivo da SAP, Jordani Pelisser, Rafael Horn agradeceu a parceria da Secretaria. “Ao longo deste período à frente da OAB pude conhecer mais e melhor o sistema prisional, bem como os servidores que tratam a Advocacia Catarinense sempre com muito respeito”, destacou.

A OAB/SC entregou um pedido à SAP para a implantação do agendamento das visitas presenciais dos advogados às unidades, nos mesmos moldes do parlatório virtual, com reserva para os atendimentos de emergência. “Desta forma os advogados poderão selecionar a unidade prisional onde pretendem realizar o atendimento presencial, facilitando sobremaneira o contato com os clientes reclusos”, observou Rafael Horn. O Secretário Leandro considerou a ideia interessante. “É um pleito que me parece possível de ser analisado e poderíamos estudar a viabilidade de começar com um projeto piloto”, disse.

Lima destacou que a SAP tem feito investimentos em tecnologia com vistas a atender as demandas surgidas neste período de pandemia citando, como exemplo, a implantação das visitas virtuais dos familiares, parlatório virtual para os advogados, audiências com o Poder Judiciário, entre outras. “Mesmo com o retorno da visita presencial, muito familiares optaram por manter a virtual, pois evita deslocamentos e facilita o contato com os familiares”, comentou.
Os representantes da OAB também visitaram na recepção da SAP a exposição de trabalhos realizados por mulheres privadas de liberdade com mostra de artesanato, peças em jeans, bordados e confeitaria, entre outras.

SAP recebe pleito da OABSC 5

20.10.2021 seminário na UnC


Os avanços do Sistema Socioeducativo de Santa Catarina foi o tema da palestra do Diretor do Dease, Zeno Tressoldi, no Seminário Regional Medidas Socioeducativas de Adolescentes em Conflitos com a Lei, realizado nesta quarta-feira (20) na Universidade do Contestado, em Curitibanos. O evento, realizado em parceria com a UnC, foi organizado pela equipe do Casep de Curitibanos, instituição administrada pela organização parceira Ineces – Instituto Nacional de Erradicação da Carência Escolar e Social, atendendo a um requisito previsto no seu plano de trabalho apresentado no Chamamento Público.

O objetivo da atividade foi debater competências, atribuições e implicações dos operadores, no sistema de garantia de direitos e na efetivação de politicas públicas que atendam os adolescentes que cumprem medidas socioeducativa de internação provisória. “O encontro foi um importante momento para reflexão sobre os nossos desafios e demonstrar a evolução do sistema socioeducativo em Santa Catarina”, disse Zeno Tressoldi.

Além do Diretor do Dease, Zeno Tressoldi, também participaram do Seminário o Psicólogo comunitário social, Greison Rocha, com o tema “Compreendendo o comportamento disruptivo das medidas socioeducativas”; Bruno Dalpiero, representante do Ineces e o Sistema Socioeducativo Catarinense”; Cristina Ehrhardt, Diretora da UnC, “Percurso, Itinerários e Protagonismo no Sistema Socioeducativo”; e Dra. Mônica Grisolia Mendes, Juíza da Vara da Infância e Juventude de Curitibanos que abordou “O Sistema Socioeducativo Catarinense e o Poder Judiciário”.