Com a presença do secretário-executivo da Justiça e Cidadania, Justiniano Pedroso, iniciou nesta sexta-feira (29/2) a capacitação de 30 novos profissionais, aprovados em concurso público em 2006, que atuarão nas unidades de internamento de adolescentes infratores nos municípios de Chapecó e Lages. A aula inaugural do Curso de Formação de Monitores, ministrado pela Escola Penitenciária catarinense, aconteceu no auditório do Centro de Ensino da Polícia Militar, em Florianópolis.

A capacitação vai até o dia 28 de março, com treinamento em inúmeras táticas e ações para o trabalho de atendimento aos jovens privados de liberdades, internados nas unidades mantidas pelo Estado.

Após o encerramento do treinamento, os servidores assumirão seus postos de trabalho no CER de Chapecó e CER de Lages, visto que os mesmos já foram nomeados para o quadro de funcionários do Departamento de Justiça e Cidadania (DEJUC), da Secretaria Executiva de Justiça e Cidadania (SJC).

Além do treinamento, a Escola Penitenciária também está realizando a capacitação de novos agentes prisionais simultaneamente. O objetivo é garantir uma boa formação, colaborando para a maior qualidade do trabalho por eles executado.

“Estamos preocupados com a formação de nossos servidores, por isso criamos a Escola Penitenciária, que usa a experiência do trabalho para treinar os novos colegas. Não podemos deixar de mencionar o importante apoio da Polícia Militar e da Polícia Civil, que estão sendo verdadeiros parceiros da nossa Escola Penitenciária”, declarou Pedroso.