WhatsApp Image 2021 08 02 at 16.38.39

Idealizado pela SAP, por meio do Núcleo de Segurança Institucional (NSI) e realizado pela Academia de Administração Prisional (Acaps), o Curso de Proteção de Autoridades, concluído na sexta-feira (30), na Base Aérea de Florianópolis, reforçou a importância da união de esforços entre as forças de segurança. Esta é a segunda edição da formação e contou com a participação de nove policiais penais e três militares da Força Aérea. “Um fato importante de ser destacado é que esta edição é embrionária, pois o serviço de proteção deverá ser estendido aos servidores sob ameaça”, destacou o Secretário da SAP, Leandro Lima.
O Secretário Adjunto, Edemir Alexandre Camargo Neto, reforçou a importância da Academia na capacitação constante dos policiais penais e agentes de segurança do sistema socioeducativo.
Elaborado em parceria com a Força Aérea Brasileira (FAB), a capacitação envolveu conhecimentos nas áreas de Armamento, Manuseio e Manutenção; Primeiros Socorros; Defesa Pessoal; Salvamento Aquático; Legislação; Noções de Explosivos; Básico de Inteligência; Tiro embarcado, Escolta, Formação de Conduta de Autoridades e Direção Tática. Participaram do curso nove Policiais Penais e três Militares da Força Aérea.
O ato da cerimônia de encerramento do curso, contou com a participação do Secretário da SAP, Leandro Lima e do Comandante da Base Aérea de Florianópolis, Tenente-Coronel Aviador Ricardo Felzcky, instrutores do Curso entre outros convidados.
Ao longo de 11 dias e somando 109 horas/aula, foram abordadas questões práticas e teóricas sobre segurança de autoridades, sempre ministradas por especialistas. “Nosso objetivo é entregar aos participantes um trabalho de qualidade e, por isso, contamos com a presença de representantes de outras forças de segurança que compartilharam o seu conhecimento técnico. É a soma dessas expertises que dão a excelência desta formação”, comentou Wagner.
A SAP agradece a parceria da Polícia Militar, do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), da Marinha do Brasil, da Força Aérea Brasileira e da Guarda Municipal de Florianópolis.