Penitenciária de São Bento do Sul 27.08.2020 Aerea Drone 4

A Secretaria de Administração Prisional e Socioeducativa (SAP) e a Prefeitura de São Bento do Sul assinam nesta quinta-feira (16), às16h45, no Salão da Sociedade Desportiva Guarani, o convênio para a construção de um sistema de esgotamento sanitário que vai atender a demanda da Penitenciária Industrial de São Bento do Sul. Localizada no Bairro Lençol, às margens da BR 280, a unidade prisional terá 426 vagas para atender a presos condenados da região Norte, suprindo assim uma grande necessidade do sistema naquela área. A obra deverá estar concluída até o final do ano e será ativada nos primeiros meses de 2022.
O projeto prevê a edificação de três estações elevatórias no sistema de esgoto da Penitenciária que, posteriormente, serão conectadas à rede pública. Ao todo o investimento será de R$ 1,2 milhão dos quais R$ 999 mil da SAP e outros R$ 232 mil do município, por meio do Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae). “O entorno de uma unidade prisional já estabelecida ou em construção precisa ser levado em consideração, pois sempre haverá impacto na comunidade. Neste caso de São Bento do Sul estamos disponibilizando recursos para que, em parceria com o Samae, tenhamos o tratamento adequando do esgoto”, observou Leandro Lima.
Concebida dentro da mais moderna arquitetura prisional, a Penitenciária Industrial de São Bento do Sul tem 11 mil metros quadrados, sendo que uma área de aproximadamente mil metros será destina às atividades de reabilitação social e econômica dos apenados, além de unidade de saúde, cozinha, lavanderia, área de convivência e celas. “Esta será uma das estruturas mais modernas do país, com uma arquitetura que prioriza a oferta de trabalho e ensino, marca do trabalho no sistema prisional catarinense. A obra também tem um significado especial porque é fruto de uma parceria importante entre o Governo Federal, Estado e o município”, apontou o secretário de Estado de Administração Prisional e Socioeducativa (SAP), Leandro Lima.