Chapecó internas fabricam peças de roupa infantis para doar à comunidade carente 2

Em Chapecó, as internas do Presídio Feminino têm dedicado boa parte do seu tempo à costura. Além de um ofício que pode se transformar em profissão, as apenadas transformam retalhos de tecidos doados por uma indústria em peças de roupas. Tudo com muito cuidado e capricho. A disposição da gestora Silvana Freschi e da equipe de policiais penais em promover ações que promovam a reabilitação social e econômica das internas resultou na fabricação de 118 conjuntos infantis e 614 peças de roupas.

Nesta sexta-feira (08), toda a produção foi doada para o Centro de educação Infantil Municipal (Ceim) Juninho, instituição que atende comunidade carente do município. “Na próxima semana o Ceim vai entregar as peças para alunos, para comemorar o Dia da Criança.”, ressaltou a gestora e Policial Penal, Silvana Freschi. Além de peças para doação as internas também reaproveitam os retalhos para produzir máscaras e roupas íntimas, suprindo assim, a demanda da unidade.

Chapecó internas fabricam peças de roupa infantis para doar à comunidade carente 1

Outubro Rosa no Presídio Feminino de Itajaí 3

As internas do Presídio Feminino de Itajaí tiveram uma tarde diferente nesta sexta-feira (08). Em vez das atividades rotineiras de uma unidade prisional elas participaram de uma série ações alusivas ao Outubro Rosa, mês que tradicionalmente estimula o debate e o compartilhamento de informações sobre a saúde da mulher. Batizado de Rosas de Outubro, o evento começou no dia 06 com palestra e uma dinâmica de automaquiagem para as policiais penais da Regional 04 com sessão de fotos. Nesta sexta-feira e até o final de novembro ocorrerão novos encontros para atender 100% das mulheres privadas de liberdade do CPVI.

Divididas em grupos de 20 internas, garantido assim o respeito às regras sanitárias, elas participam de palestras com os profissionais da Unisul sobre saúde da mulher e, em seguida, os Doutores da Beleza, da Univali, ensinaram técnicas de automaquiagem, uma forma de também despertar o auto cuidado. “O objetivo das atividades é gerar reflexos na autoestima, auto percepção e motivações às mulheres privadas de liberdade, influenciando no processo de reinserção social”, observou a Gerente Regional do Vale do Itajaí, Marta Regina Ambrósio.

Após a sessão de maquiagem, as internas tiveram uma sessão de fotos e cada uma receberá sua foto como forma de incentivar conscientização sobre saúde, bem-estar, autocuidado e resgate da autoestima.

Outubro Rosa no Presídio Feminino de Itajaí 1

Outubro Rosa no Presídio Feminino de Itajaí 2

SAP acompanha projetos em andamento no Complexo Penitenciário de SCS 2
O Secretário de Administração Prisional e Socioeducativa (SAP), Leandro Lima e o Diretor do Deap, Vladecir Souza dos Santos, realizaram nesta quinta (07) e sexta-feira (08) uma série de reuniões de trabalho com os com os gestores de unidades prisionais que formam o Complexo Penitenciário de São Cristóvão do Sul.
Na oportunidade o grupo fez uma análise dos projetos que estão em andamento na unidade e estabeleceu as prioridades de atividades para os próximos meses. Participaram do encontro o Gerente da Geted, Elisson Ivan Soares e equipe; Gerente da Regional 05 Wilton Lazarotto, Diretor da Penitenciária da Região de Curitibanos, Jair Antônio França , Diretor da Penitenciária Industrial de São Cristóvão do Sul, Fabiano Deitos Rech e o Diretor da Unidade de Segurança Máxima, Márcio de Oliveira.
Na tarde de sexta-feira, o secretário Leandro e o Diretor do Deap Vladecir, receberam a visita do Deputado Estadual e empresário Nilson Berlanda, oportunidade em que visitou o Complexo e conheceu os projetos em andamento. Berlanda foi pioneiro na instalação de fábrica de estofados no Complexo, gerando vaga de trabalho e renda para os apenados.

SAP acompanha projetos em andamento no Complexo Penitenciário de SCS 1

WhatsApp Image 2021 09 30 at 17.45.53
O Programa de Apoio ao Servidor (PAS) em parceria com a Coordenação de Projetos Especiais da SAP e as equipes multiprofissionais das Unidades Prisionais e Socioeducativas do Estado realizaram ao longo do mês de setembro ações especiais que constituem reforço à campanha Setembro Amarelo, encerrada nesta quinta-feira (30). O balanço das atividades indica que aproximadamente 30 mil pessoas foram impactadas, nas 51 unidades prisionais e 24 unidades socioeducativas, que participaram do movimento correspondendo a 96% de todas as unidades da SAP.

O objetivo das atividades foi possibilitar o acesso à informação e o debate sobre temática da saúde mental para desconstruir preconceitos e promover a saúde, a prevenção e o tratamento do adoecimento psíquico, alcançando servidores, funcionários, pessoas privadas de liberdade e adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa.

WhatsApp Image 2021 09 30 at 17.49.54

Dentre as principais ações realizadas destaque para palestras, distribuição de materiais informativos, momentos com técnicas de relaxamento e Yoga. Também foram realizadas rodas de conversa, entrega de brindes, dinâmicas em grupos, divulgação de vídeos e cartazes, e práticas integrativas e complementares como, por exemplo, a auriculoterapia. Para conhecer o relatório do projeto clique aqui.